Tipos de Vidros na Construção Civil

Hoje vamos falar sobre um material que está presente em todo o lugar que olhamos, seja nas janelas ou fachadas de residências, prédios, condomínios, hotéis, hospitais, universidades, o vidro se tornou essencial na construção civil.

Entre os benefícios do uso do vidro podemos citar: o aproveitamento da luminosidade, a possibilidade de maior economia, proporciona muita interação entre ambientes e garante amplitude, leveza, visibilidade e conforto. Todas estas vantagens faz com que o vidro seja cada vez mais aproveitados na arquitetura e na construção civil.

O vidro em geral é composto por areia, calcário, barrilha, alumina, corantes e descorantes. Através destes elementos básicos, é possível elaborar diversos tipos de vidros. Separamos uma lista com tipos de vidros e sua utilidade na engenharia.

Vidro Float

 

O vidro mais comum e com um dos menores custos do mercado para a construção civil. A sua utilização é maior em janelas, portas, divisórias e módulos fixos de vidro. Suas vantagens são a transparência, a durabilidade, resistência química, facilidade de manuseio e claro, o baixo custo.

 

Vidro Temperado

 

Este tipo de vidro possui como uma das características principais a resistência a quebras e a impactos. Diferentemente do vidro float, ele apenas estilhaça quando quebra, garantindo maior tempo de duração. É muito utilizado em vitrines, prateleiras, vidros de carros e guarda corpos.

 Vidro Laminado

 

É uma alternativa que oferece mais segurança e resistência em relação ao vidro temperado. Tem este nome porque é composto por duas lâminas de vidro coladas uma a outra com uma película incolor de PVB (Polivinil Butiral), dando o mesmo aspecto visual de transparência que o vidro comum. 

Esta película retém os pedaços da peça quando é quebrada, diminuindo as chances de machucar alguém. Por isso este tipo de vidro é muito utilizado para coberturas, pisos, escadas e peles de vidro. O custo é maior que o temperado por ser composto de diversas camadas.

Vidro Serigrafado

 

O vidro serigrafado é um tipo de temperado onde prevalece a privacidade dos ambientes, com uma tinta aplicada em uma das faces da peça, gerando um efeito fosco.

Este vidro é produzido de maneira igual ao vidro temperado, porém uma tinta esmaltada é aplicada e depois a peça é levada a um forno com altas temperaturas, assim o produto se funde a peça. Isso gera também maior resistência a riscos, impactos e a manchas de gordura. Seu uso mais comum na construção civil é em divisórias, revestimentos internos e externos, janelas, dossel, clarabóias e mobiliário.

Vidro Refletivo

 

Este tipo de vidro apresenta como vantagem principal o controle térmico e garantia de iluminação natural dentro do ambiente. 

Ele possui uma camada metalizada no vidro que reduz em até 80% a passagem de calor para o ambiente. Ele evita o uso de luz artificial e ar condicionado, garantindo menor gasto de energia elétrica.

Por conta disto, vemos diversas construções usando vidro refletivo, que pode ser aplicado em fachadas de edifícios comerciais e residenciais, coberturas, portas e janelas, sacadas de edifícios, entre outros.

Este são os principais vidros utilizados na construção civil. Esperamos que com esta reportagem vocês tenham um adquirido um conhecimento maior neste assunto. Deixe seu comentário se tiver qualquer dúvida, sugestão ou crítica. 

 

Eng. Antônio Augusto Sousa Siqueira

Engenheiro Civil

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/antoniosousasiq

l Compartilhar no Facebook
Please reload

Posts Recentes

October 22, 2019

Please reload

Parceiros
DIVULGUE
SUA
MARCA
Insvista na sua marca!
Entre em contato
Arquivo
Please reload

  • https://www.facebook.com/wix
  • Facebook Metallic

© 2016 BLOG ENGENHARIA MODERNA  l  Todos direitos reservados.

Parceiros: