Prédio nas alturas

Já imaginou um prédio ser amarrado em um asteroide na órbita da Terra? Pode parecer uma ideia maluca, porém é um projeto real: trata-se da Analemma Tower. Este arranha-céu gigantesco é um projeto conceitualizado pelo escritório Clouds Architecture Office.

 

O Projeto

 

Esse prédio seria a estrutura mais alta do mundo e estaria pendurado em um asteroide em órbita a 50 mil quilômetros da superfície da Terra. Nesta imagem podemos ter uma dimensão desse projeto:

Segundo a empresa que fez o projeto, "Manipular asteroides não é mais [um conceito] relegado à ficção científica", e para comprovar essa afirmação eles citam acordos da Europa sobre a mineração de rochas espaciais e o plano da NASA para recuperar um asteroide.

O asteroide que iria servir como apoio para a estrutura ficaria em órbita sobre a Terra e segundo estudos ficaria em uma trajetória semelhante a um número 8 entre Nova York (EUA) e Quito (Peru). Veja essa imagem que demonstra a orbita do prédio:

 

O tempo para a torre passar no mesmo lugar a cada dia seria de 24 horas. O lugar escolhido para possível construção dessa estrutura seria em Dubai, pois segundo a empresa "A cidade tem provado ser uma especialista na construção de edifícios altos a um custo de 20% da construção em Nova York".

 

O interior do prédio

 

Como as condições de vida mudam radicalmente entre os andares do edifício, as janelas seriam diferentes dependendo da altura. Isso por causa das diferenças de temperatura e pressão.

"Por exemplo, embora possa haver o benefício de 45 minutos a mais de luz do sol a uma elevação de 32 mil metros, o quase-vácuo e a temperatura de -40ºC impediria que as pessoas saíssem sem roupas de proteção", segundo a Clouds Architecture Office.

 

O edifício teria diversos setores como jardins, academias e até funerárias. Os ocupantes entrariam usando algum sistema de transporte aéreo. Para sair, a empresa tem um plano para os corajosos: paraquedas. Os ocupantes que precisassem voltar para casa com urgência poderiam simplesmente pular das janelas de alguns andares e descer até a Terra, como ilustrado na imagem abaixo.

Lembramos que isso não passa de um projeto por enquanto, mas a empresa acredita que em breve isso possa se tornar realidade. Gostou? Deixe seu comentário com a sua opinião.

 

Eng. Antônio Augusto Sousa Siqueira
Engenheiro Civil
LinkedIn | antonioaugustoss@hotmail.com

 

 

l Compartilhar no Facebook
Please reload

Posts Recentes

October 22, 2019

Please reload

Parceiros
DIVULGUE
SUA
MARCA
Insvista na sua marca!
Entre em contato
Arquivo
Please reload

  • https://www.facebook.com/wix
  • Facebook Metallic

© 2016 BLOG ENGENHARIA MODERNA  l  Todos direitos reservados.

Parceiros: